STEEM_banner
Ciência e Inovação

Criando Melhores Alternativas

Uma abordagem de senso comum para a saúde pública

 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, haverá mais de um bilhão de fumantes em 2025.1 Com tantas pessoas optando por fumar, faz todo o sentido oferecer-lhes alternativas menos prejudiciais do que o cigarro.

Estamos investindo em pessoas, recursos, tempo e dinheiro para desenvolver melhores alternativas para os adultos fumantes. O nosso portfólio de produtos inovadores inclui quatro plataformas que se encaixam em diferentes preferências de adultos fumantes, de forma a auxiliá-los em em seu processo de migração.

Na busca da nossa visão de produtos de risco reduzido, gostaríamos de contar com medidas que incentivem uma conversão larga escala tão breve quanto possível. Só iremos atingir um benefício significativo para a saúde pública quando um grande número de adultos fumantes optarem por alternativas menos prejudiciais. Estamos confiantes que a combinação certa entre políticas públicas e iniciativa comercial podem acelerar decisivamente os esforços para reduzir o prejuízo associado ao consumo de cigarros.

Holding an iQOS

O Problema da Combustão

O ritual de fumar é simples: o adulto fumante acende o cigarro e puxa o ar através dele repetidas vezes, até que o tabaco e o papel queimem totalmente. Esse processo de combustão produz uma mistura complexa que chamamos de fumaça, que contém sabores da mistura de tabaco, assim como a nicotina que existe naturalmente nas folhas de tabaco. São esses elementos que os consumidores apreciam quando fumam. Porém, o processo de combustão também produz mais de 6.000 substâncias químicas, das quais 1% foram identificadas como causas ou as potenciais causas de doenças associadas ao consumo de cigarro, como câncer de pulmão, doenças cardiovasculares e enfisema.

Durante anos de pesquisa e desenvolvimento, criamos uma nova classe de produtos inovadores que não dependem do princípio da combustão e, assim, não produzem fumaça. Em vez disso, descobrimos várias formas de produzir um vapor com nicotina, que o consumidor pode inalar, contendo níveis significativamente menores de químicos prejudiciais do que o cigarro.

Os nossos produtos de tabaco aquecido são baseados no princípio de aquecer sem queimar, onde o tabaco é suficientemente aquecido para liberar vapor com sabor e nicotina. Os nossos produtos sem tabaco usam nicotina líquida extraída de folhas de tabaco, cada um deles produz de forma diferente um vapor com nicotina. Embora não sejam isentos de risco, todos esses produtos inovadores são uma alternativa preferível ao consumo de cigarros – mas a melhor opção é sempre deixar ou nunca começar a fumar.

Platform 2: TEEPS

O Papel da Nicotina

A nicotina é viciante e pode ser muito tóxica quando ingerida ou absorvida em grandes doses (superiores às encontradas ao fumar ou vaporizar), podendo aumentar o ritmo cardíaco e a pressão sanguínea. Mas, ao contrário do que se pensa, não é a nicotina a responsável pelos potenciais malefícios associados à nocividade do cigarro. São as toxinas e agentes cancerígenos presentes na fumaça do tabaco as principais causas das doenças relacionadas ao consumo de cigarros. A nicotina é uma das razões pelas quais as pessoas fumam, juntamente com o sabor e o ritual. Para que os adultos fumantes migrem para alternativas menos prejudiciais, os produtos devem conter nicotina. É por isso que estamos empenhados em desenvolver produtos que ofereçam um vapor com nicotina, mas com níveis significativamente menores dos químicos prejudiciais encontrados na fumaça dos cigarros.

Embora estes produtos sejam melhores alternativas ao cigarro, o ideal para a saúde é deixar ou nunca começar a fumar. Certas pessoas – incluindo mulheres grávidas ou que estejam amamentando e pessoas com doenças cardíacas, pressão arterial elevada ou diabetes – não devem usar produtos que contenham nicotina. Menores de idade também não devem usar ou ter acesso a tabaco ou produtos que contenham nicotina.

Platform 2: TEEPS

Procura por Alternativas Menos Prejudiciais

Adultos fumantes ao redor do mundo procuram por melhores alternativas ao cigarro, com diferentes preferências em termos de rituais, sabor e experiência.

Muitos consumidores estão familiarizados com os cigarros eletrônicos, que já existem no mercado há alguns anos. Apesar do sucesso considerável, a atual geração desses produtos não satisfaz totalmente as necessidades dos adultos fumantes. Já comercializamos cigarros eletrônicos em 38 países e estamos investindo para melhorar a sua tecnologia.

Também consideramos que os produtos de tabaco aquecido são bastante promissores.

Ao oferecer um portfólio diversificado de produtos potencialmente menos prejudiciais, acreditamos conseguir converter um número ainda maior de adultos fumantes de forma mais rápida, aumentando a presença de nossa empresa na categoria e contribuindo para um impacto positivo na saúde pública.

1 Bilano V, Gilmour S, Moffiet T, d’Espaignet ET, Stevens GA, Commar A, Tuyl F, Hudson I, Shibuya K. (2015) Global trends and projections for tobacco use, 1990–2025: an analysis of smoking indicators from the WHO Comprehensive Information Systems for Tobacco Control. Lancet 385:966-76.

Compartilhe essa história