November 18, 2020

PHILIP MORRIS BRASIL RECEBE SELO DE DIREITOS HUMANOS E DIVERSIDADE DA PREFEITURA DE SÃO PAULO

PMI London proofs-218 (2)
A Philip Morris Brasil (PMB) foi reconhecida com o Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade, concedido pela Prefeitura Municipal de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania. Em sua 3ª edição, a iniciativa reconhece empresas públicas, privadas e do terceiro setor que desenvolvem boas práticas de gestão da diversidade e promoção dos direitos humanos.
 
“Respeitar e aceitar as diferenças são valores fundamentais para a PMB. O Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade que recebemos da Prefeitura de São Paulo é o reconhecimento de todo o trabalho que estamos fazendo, internamente e externamente, pautado pelas boas práticas de gestão, que ajudam a transformar a sociedade”, destaca Cainara Guassu, advogada e responsável pelo grupo Empow#her da Philip Morris Brasil.
 
A PMB recebeu o Selo Municipal de Direitos Humanos na categoria Transversalidades, pelo conjunto de seus programas Empow#her, que tem o objetivo de ampliar e reconhecer a liderança feminina dentro da organização e Stripes Brasil, voltado à diversidade e destinado à garantia de direitos aos profissionais LGBTI+. Com isso, a PMB passa a integrar a Rede de Organizações do Selo, para troca de experiências e reflexão sobre os desafios da inclusão e a promoção da diversidade.
 
Com o compromisso de construir uma cultura inclusiva e diversa, que respeita e valoriza igualmente todos os colaboradores, o Empow#Her conta com um grupo formado e gerenciado por colaboradoras de todas as unidades e áreas da empresa, visando a promoção da equidade de gênero. O trabalho é focado em três pilares – contratação e desenvolvimento, comunicação interna e externa e mitigação de vieses inconscientes – e também já possui uma lista de conquistas: criação de um grupo de networking feminino, treinamentos para desenvolvimento da liderança, salas de amamentação nas principais localidades, entre outros. Em 2020, o foco do trabalho tem sido a liderança feminina e combate à violência dom& eacute;stica.
 
Atualmente, 43% das mulheres ocupam cargos de liderança na PMB, que tem como meta alcançar 50% nos próximos três anos. A empresa foi a primeira do Brasil a receber a certificação Equal Salary, concedida pela Equal Salary Foundation, em 2019, por remunerar igualmente homens e mulheres por trabalho equivalente.
 
O Stripes Brasil surgiu na PMB por meio da iniciativa de um grupo de colaboradores voluntários, em 2017. O objetivo era celebrar a diversidade, atrair e reter talentos LGBTI+ no âmbito da organização. Com o apoio direto das lideranças da empresa, o grupo passou a ter participação decisiva na promoção do diálogo e da informação, como grande aliado no trabalho de conscientização sobre a importância da inclusão.  Hoje, o grupo faz parte da iniciativa global da empresa que delibera sobre o mesmo tema, promovendo troca de experiências e necessidades. 
 
Entre suas conquistas se destacam: a formalização de uma política global para Pessoas Transgênero e em Transição de Gênero, para acolher profissionais trans entre seus colaboradores; as uniões homoafetivas constam nas diretrizes de benefícios da companhia para todos os fins, garantindo à população LGBTI+ direitos como o auxílio-creche e licença casamento. Além de licença paternidade de 120 a 180 dias aos casais homoafetivos, assim como a pais solteiros, equiparada à licença maternidade para casais heterossexuais.