February 05, 2020

PMI reconhecida pela sexta vez consecutiva pelo seu pioneirismo na forma como faz face aos desafios da mudança climática

CDP

A Philip Morris International (PMI), de que a Tabaqueira é subsidiária em Portugal, voltou a ser reconhecida pelo sexto ano consecutivo como empresa líder em matéria ambiental pela CDP, uma organização ambiental sem fins lucrativos, outrora acrónimo de Carbon Disclosure Project. 

Na sua listagem anual de empresas, a CDP reconheceu o papel desempenhado pela PMI na redução do consumo de energia e das emissões de carbono, bem como o seu processo de divulgação transparente dos objetivos prosseguidos e resultados alcançados. No final de 2019, a PMI foi também reconhecida pelo seu papel de liderança na abordagem da crise climática pela iniciativa “50 Líderes em Sustentabilidade e Clima”. 

“Estamos orgulhosos por integrar uma vez mais a prestigiosa Lista A da CDP”, comentou André Calantzopoulos, Presidente Executivo da PMI. “Estamos não só a transformar os nossos produtos para disponibilizar melhores alternativas aos milhões de fumadores adultos em todo o mundo, mas também a tornar a sustentabilidade parte integrante do nosso modelo de negócio, incluindo um enfoque particular na redução da emissão de gases com efeito de estufa”, acrescentou.

A PMI assumiu o compromisso de até 2030 tornar neutro o impacto ambiental da sua operação fabril. Como importante marco nesse percurso, a PMI anunciou em outubro que as operações na Lituânia foram certificadas neutras em emissões de carbono, depois de 10 anos de trabalho para melhorar o consumo de energia da fábrica, incluindo a mudança para energias renováveis. O compromisso da PMI de tornar neutra a sua pegada de carbono naquela data concorre com um maior nível de exigência no sentido de se alcançar o objetivo global de manter o aquecimento global inferior a 1,5 °C, com a neutralidade carbónica global prevista para 2050.

“Já há muitos anos que a PMI tem vindo a desenvolver ações para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa tanto na sua operação fabril como ao longo de toda a sua cadeia de valor, onde ocorrem 85% das emissões. Qualificarmo-nos para a Lista A da CDP, que integra as empresas líder em matéria ambiental, valida o progresso que estamos a fazer no âmbito do nosso compromisso para com a sustentabilidade e a transparência ambiental,” disse Huub Savelkouls, principal responsável pela sustentabilidade na PMI. “O sector privado tem um papel essencial a desempenhar, mas para prevenir a crise climática todas as empresas devem agir. Estamos prontos a partilhar a nossa experiência e a trabalhar em conjunto para maximizar o nosso impacto coletivo”, referiu ainda.

Por sua vez, Paul Simpson, Presidente Executivo da CDP, congratulou as “empresas que alcançaram uma posição na lista deste ano por liderarem em desempenho e transparência ambiental. A dimensão dos riscos de negócio da emergência climática, deflorestação e escassez de água é grande – como também são as oportunidades para os enfrentar – e está claro que o sector privado tem um papel importante a desempenhar nesta altura crítica. As empresas na lista A estão a liderar o mercado em sustentabilidade empresarial, no combate aos riscos ambientais e a preparar-se para poderem prosperar na economia de amanhã.” 
**

Sobre a Sustentabilidade na PMI 

Para a Philip Morris International (PMI), a sustentabilidade é parte integrante do seu modelo de negócio. Significa não apenas a substituição de cigarros por melhores alternativas sem combustão e fumo, mas também encontrar respostas aos desafios de sustentabilidade que se colocam ao longo de toda a cadeia de valor, aproveitando simultaneamente as  oportunidades para acrescentar valor para toda a sociedade. No ano passado, para partilhar a sua experiência com outras empresas, a PMI dirigiu um webinar com a CDP e a PwC sobre a forma como está a reduzir a sua pegada de carbono, incluindo a intenção de alcançar tanto a neutralidade carbónica em todas as suas fábricas até 2030 como a desflorestação líquida nula ao longo de toda a sua cadeia de aprovisionamento. Veja mais detalhes em https://sustainablebrands.com/events/view/responding-to-climate-crisis-how-pmi-is-reducing-its-carbon-footprint.
Para saber mais sobre a liderança da PMI no combate à mudança climática, visite 50climateleaders.com. O projeto 50 Líderes em sustentabilidade e clima é uma resposta da comunidade internacional dos negócios que comprova o seu desejo de assumir a liderança e a vontade de adotar ações eficazes na luta contra a crise climática. Para saber mais sobre sustentabilidade na PMI, visite www.pmi.com/sustainability
 
**

Philip Morris International: A construir um futuro livre de fumo

A Philip Morris International (PMI) está a liderar uma transformação na indústria do tabaco para criar um futuro sem fumo e, como meta final, substituir os cigarros por produtos sem fumo para benefício dos adultos que, de outra forma, continuariam a fumar, da sociedade, da empresa e dos seus acionistas. A PMI é uma importante empresa internacional de tabaco dedicada ao fabrico e comercialização de cigarros, produtos sem fumo e dispositivos eletrónicos e acessórios associados, e outros produtos que contêm nicotina em mercados fora dos EUA. A PMI está a construir um futuro numa nova categoria de produtos sem fumo, que embora não sejam isentos de risco, são uma escolha muito melhor do que continuar a fumar. Através de competências multidisciplinares no desenvolvimento de produtos, instalações de ponta e substanciação científica, a PMI procura garantir que os seus produtos sem fumo vão ao encontro das preferências dos consumidores adultos e de requisitos normativos rigorosos. A carteira de produtos sem fumo IQOS da PMI inclui produtos "de tabaco aquecido sem combustão" e produtos de vapor com nicotina. Desde 30 de setembro de 2019, a PMI estima que aproximadamente 8.8 milhões de fumadores adultos em todo o mundo já pararam de fumar e mudaram para o produto sem combustão da PMI, disponível para comercialização em 51 mercados, em cidades importantes ou a nível nacional, sob a designação de marca IQOS. Para obter mais informações, consulte PMI e PMIScience.
 
**

Sobre a Tabaqueira

A Tabaqueira é a subsidiária da Philip Morris International (PMI) em Portugal e a maior empresa do setor no país. Encontra-se entre as dez principais empresas exportadoras nacionais, exportando para mais de 25 países. A PMI é a principal empresa internacional do setor do tabaco. Em 2016 anunciou como sua missão contribuir para um futuro livre de fumo, mediante a substituição dos produtos tradicionais de tabaco combustíveis por alternativas sem combustão menos prejudiciais. O compromisso da Tabaqueira para com a sustentabilidade é transversal a toda a sua atividade, procurando minimizar as externalidades negativas associadas aos seus produtos, operações e cadeia de valor.